Posts Comente

Você está: Home » Educação » Probem já colocou mais de 600 estudantes nas faculdades privadas

Criado em agosto de 2015  pelo prefeito Romero Rodrigues (PSDB), candidato à reeleição pela coligação “Por Amor a Campina”, para facilitar o acesso à universidade dos alunos oriundos da escola pública de Campina Grande, o Programa Municipal de Bolsa de Estudos (Probem),  já é um dos sucessos da atual administração.

Trata-se de um programa que concede bolsas de estudo para alunos que concluíram o Ensino Médio em Campina Grande, em escola pública ou particular com bolsa integprova720ral, e que residam no município há pelo menos um ano.

Iniciado em parceria com a UniFacisa, o Probém hoje está em quatro universidades, como a Mauricio de Nassau, Cesrei e Unesce, beneficiando cerca de 600 estudantes, um contingente do porte de uma universidade isolada.

Todo o inicio de semestre os estabelecimentos de ensino procedem a uma rigorosa seleção, tomando por base os critérios estabelecidos pelo programa. As bolsas representam uma das contrapartidas oferecidas pela Faculdade em função da isenção fiscal garantida pelo município.

Entre os critérios exigidos, consta que o pretendente so pode se inscrever no processo seletivo se tiver realizado o Enem a partir de 2010 e obtido nota mínima de 450 pontos, sem zerar a prova de Português.

O aluno não pode ainda ser bolsista do PROUNI (Municipal, estadual ou federal), do Fiés e não ter matricula trancada em outro curso da Faculdade, e não ser portador diploma de curso superior.

A Bolsa de Estudo do Probem é vedada também a quem tem renda superior a três salário mínimos e o candidato deve residir em Campina Grande, no mínimo, há 12 meses, além de ter estudado em escola pública no município ou bolsista integral em escola particular em Campina Grande.

Somente a  Unifacisa, pioneira  na parceria com a Prefeitura,  terá neste segundo semestre deste ano 211 bolsistas vinculados ao Programa. A Faculdade que já mantém matriculados pelo Probem 134 alunos.

Vale ressaltar que o Probem não é financiamento, ou seja, os contemplados não precisarão pagar ao Governo Municipal ao final do curso.

Print Friendly

Deixe uma resposta

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

© 2016 .::: ROMERO RODRIGUES – PREFEITO MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE – PARAÍBA :::. · Assine e leia:PostsComments · Theme Junkie ·

- Produzido pelo Grupo 5 de Comunicação -

- onordeste@gmail.com -

TOPO